sexta-feira, 7 de abril de 2017

3º BATALHÃO DIVULGA BALANÇO DAS OPERAÇÕES NO 1º TRIMESTRE DE 2017.


Após 120 dias de planejamentos, o 3°Batalhão de Polícia Militar (3°BPM), comandado pelo major Sidney Barbosa e sediado no município de Itabaiana, divulga a avaliação dos resultados obtidos nos últimos três meses, com o intuito de ajustar diretrizes e prestar contas do trabalho realizado pela Corporação.

No início do trimestre, foram definidas metas em curto, médio e longo prazo para a redução dos índices de criminalidade, construindo uma estratégia de ação que se alicerça em duas premissas básicas: o aumento da ação preventiva e a fiscalização de motocicletas ou ciclomotores irregulares.

Na primeira estratégia, as equipes de serviço do 3º BPM, viaturas e motocicletas do Grupamento Especial Tático de Motos do interior (Getam) foram utilizadas com mais intensidade nos horários e locais onde a análise criminal indicava uma maior probabilidade do cometimento de delito. Além deste posicionamento estratégico das equipes, foi estimulada uma postura operacional, baseada no aumento das abordagens policiais como medida preventiva, com clara intensão de retirar de circulação armas e drogas, desmotivando os infratores em potencial.

A segunda medida foi adotada a partir da constatação de que a maioria dos delitos observados na cidade serrana acontecia com a utilização de motocicletas ou ciclomotores, seja como meio utilizado para a prática do delito ou como objeto do próprio crime. Assim, foram intensificadas as abordagens às motocicletas e ciclomotores, retirando de circulação os veículos irregulares, principalmente aqueles que não estavam devidamente cadastrados no órgão de trânsito e não possuíam identificação.

De forma complementar a essas estratégias, foram planejadas e executadas a ‘Operação Sergipe Mais Seguro’ e a ‘Saturação de Áreas Críticas’, que aconteceram em dias e horários nos quais a estatística indicou que o policiamento rotineiro não conseguiria suportar a demanda. Portanto, como resultados dessas estratégias delineadas, foram realizados pelo 3º BPM, nesses últimos 120 dias, 19.333 abordagens.

Estas ações resultaram na apreensão de 21 armas de fogo; recuperação de 87 veículos, com restrição de roubo/furto; prisão de 91 infratores em flagrante delito; confecção de 322 Relatórios de Ocorrência Policial (ROP) e atendimento de 2.985 chamadas da população por meio do telefone 190 ou do acionamento direto das equipes.

As ações adotadas foram planejadas pelo comando do 3º BPM, em concordância com as diretrizes operacionais do Comando do Policiamento do Interior (CPMI) e do Comando Geral da Corporação, que resultaram na redução dos índices de criminalidade. Quanto aos homicídios, os números indicam 21% de redução na área do 3º BPM e 35,3% de redução na cidade de Itabaiana.

Além disso, os dados estatísticos de acompanhamento apresentam uma considerável redução nos índices de roubo simples e majorado, roubos a ciclomotores e crimes de latrocínio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário